Era uma pacata manhã, num lugar úmido, inúmeras pessoas com trajes curtos iam de suas casas à padaria em tanques de guerra enquanto seus filhos comiam maçãs e brincavam de atirar em latas no quintal com seus fuzis de precisão. Uma manhã absolutamente normal. De acordo com os costumes locais, geralmente o primeiro presente de um adolescente em …

Continue reading Ancapistão

Gelatina

Joanice Berenice da Silva Alcântara Pilão de Oliveira Nunes  era uma pobre menina delicada, insegura como só ela. Era conhecida na vila em que morava como “Gelatina”, pois sempre que tinha uma decepção amorosa, prostrava-se debaixo da cama a comer gelatina sem parar, ou algo parecido. Como todas as garotas de sua idade tinha um …

Continue reading Gelatina e o sapatinho

Cravo'

— A história que lhes vou contar é uma das mais estranhas que presenciei. — Explanava Seu Hélio, o baloeiro, um velho senhor que em frente à porta de casa contava história aos garotos do bairro. Sentavam as crianças em seu quintal aberto em pequenos caixotes, enquanto ele, sobre uns pneus de caminhão emergia aqueles …

Continue reading João Cravo e Marta Rosa

Margareth, a prostituta

  Caro leitor, você está convidado a acompanhar a vida de um jovem sonhador, como você, que formula seus sonhos, estuda e trabalha almejando um futuro melhor, porém, na saga de sua vida, encontra uma mulher e passa a amá-la como se fosse a pessoa mais importante de sua vida. Carmélio viverá entre a lucidez …

Continue reading Margareth, a prostituta

Os Comandados

Um professor de história tem a difícil missão de dar jeito em três delinqüentes que causavam terror num colégio interiorano. Ele propõe o uso do esporte, mas, como se comportará três delinqüentes juvenis na presença de alunos normais? O descabelado diretor João Estrabulgo não mais agüentava a situação. Não dormia mais e estava prestes a …

Continue reading Os comandados

Lula de mel

Lula de mel Flávia Balbucio era uma empresária de sucesso, prestes a se casar, estava no apogeu de sua vida, comandava uma companhia bem sucedida que importava bacalhau do Porto, na Europa, estava feliz, e por suas mãos cheirarem sempre à bacalhau deixava louco o pobre Leonardo de Pilão, trabalhador, pescador, tinha uma cicatriz na …

Continue reading Lula de mel

Dilastácia

Parte I Capítulo 1 – União pelo contraste Dilastácia era uma garota interiorana muito infeliz, morava em Anápolis no Estado de Goiás, num bairro onde a zona rural era evidente, estudava na “cidade”, onde saia de madrugada em cima de um burro enquanto comia maracujás colhidos junto ao pé na janela de seu quarto. Seu …

Continue reading Dilastácia